Não há dúvidas de que a geração de empregos, o progresso e desenvolvimento de um município estão intimamente relacionados e caminham lado a lado. É por isso que Pontal do Paraná tem urgência na criação do Porto. Sua obra inovadora e ambientalmente responsável vai gerar 1,5 mil empregos durante sua realização, mais 1,5 mil empregos diretos e mais de 6 mil indiretos em sua operação.

E emprego implica diretamente em educação: família empregada tem filho na escola. Nos últimos cinco anos, Pontal do Paraná vivencia uma queda constante na quantidade de alunos que frequentam as escolas municipais e estaduais da região. Um claro reflexo da falta de oportunidades de emprego.

A AporPontal convida você a conhecer a proposta de construção do Porto. Saiba mais e junte-se a esta luta. O Porto é fundamental para trazer novos postos de trabalho e renda à Pontal do Paraná. Não dá mais para esperar!

Pontal do Paraná possui uma beleza rara e atrativos naturais que encantam seus visitantes. No entanto, esse amplo potencial turístico poderia ser ainda mais explorado se houvessem investimentos públicos e privados, atraindo visitantes e gerando empregos.

Com uma orla deslumbrante, a cidade não possui infraestrutura adequada para oferecer atrações aos turistas, como passeios marítimos e esportes náuticos, por exemplo.

A faixa de infraestrutura, demanda antiga do município junto ao Governo Estadual, tem potencial para organizar e fomentar atividades de turismo e lazer, fortalecendo a economia local. Estrada urgente! Porto urgente! Não dá mais para esperar!

Um documento elaborado pelos apoiadores da construção da nova estrada foi protocolado nesta quarta-feira, direcionado ao Governador do Paraná, Carlos Roberto Massa Junior. Intitulada “Carta de Pontal do Paraná e Ilha do Mel”, reforça o imenso potencial tanto do município quanto da Ilha do Mel para contribuir com o desenvolvimento do Paraná. Assim, tornam-se devidamente merecedores de investimentos, como a tão aguardada Faixa de Infraestrutura (PR-809). Assinado por 26 entidades representativas do município e região – entre elas a Associação dos Amigos do Porto Pontal -, o documento cobra um posicionamento firme e a realização urgente do edital de licitação da nova estrada.

Uma live transmitida pelo Facebook e YouTube neste domingo (28) oficializou o lançamento da APorPontal, entidade que luta pela instalação do Porto de Pontal do Paraná.

Acompanhada simultaneamente por mais de 2 mil pessoas, a live foi apresentada pelo jornalista Carlos Marassi e contou com falas de João Carlos Ribeiro (presidente do Porto Pontal), Luiz Carlos Mansur (presidente da Aporpontal) e de Ercio Weschenfelder (presidente da Associação Comercial de Pontal do Paraná-ACIAPAR).

“A Associação reúne milhares de pessoas para exigir das autoridades o acesso direto a Pontal do Sul, que vai permitir que o Porto se torne realidade. A instalação do Porto trará milhares de empregos e milhões em arrecadação de impostos para Pontal do Paraná, sem qualquer prejuízo para o meio ambiente.  Além disso, o comércio da cidade vai crescer e multiplicar o seu faturamento”, comentou o empresário João Carlos Ribeiro, grande entusiasta da causa.

“Criamos a Associação pois sabemos a importância da entidade de reunir pessoas que queiram apoiar a instalação do Porto, que é a única solução para recuperar e alavancar a economia regional, com geração de milhares de empregos”, disse Luiz Carlos Mansur (presidente da Aporpontal). “O Porto é definitivo. Se já estivéssemos operando, teríamos milhares de trabalhadores e não passaríamos por tantas dificuldades, com jovens indo embora em busca de oportunidade”.

Segundo ele, outro fator positivo da instalação do Porto seria a vinda de empresas e órgãos públicos que atuam na área portuária, como Anvisa, Polícia Federal, Receita Federal, Ministério da Agricultura e despachantes, entre outros. “É mais geração de empregos e um comércio pujante e próspero. Muitos questionam sobre o meio ambiente. O Porto é tão ou mais cuidadoso que qualquer ambientalista. Mas temos que pensar também no ser humano, que precisa prover moradia digna e sustentar a família. Sem desenvolvimento, não há progresso”, disse o presidente da Aporpontal.

Em seguida, o vice-presidente da Aporpontal e presidente da Associação Comercial de Pontal do Paraná-ACIAPAR, Ercio Weschenfelder, apresentou dados sobre a nova rodovia que ligará Praia de Leste a Pontal do Sul, outra bandeira da entidade.

A nova rodovia integrará soluções logísticas de infraestrutura e de necessidades socioeconômicas, possibilitará uma melhor organização do território, permitirá a organização e o incremento das atividades de turismo e lazer, fortalecendo atividades náuticas e de veraneio. Ao longo da faixa e dos canais, poderão ser construídos parques lineares e ciclovias. A faixa de infraestrutura facilitará o acesso à Ilha do Mel, segundo destino turístico mais visitado do Paraná. Garantirá uma efetiva barreira física que preservará a vegetação da região, que hoje está bastante degradada, motivada pelas ocupações irregulares. Melhorará também a mobilidade da PR-412, que será requalificada e transformada em uma avenida urbana, com reorganização paisagística, calçadas e ciclovias. Ainda, adicionará um rápido acesso ao município, que hoje conta apenas com uma via de entrada e saída.

“As atividades vindouras, bem exploradas, trarão melhor qualidade de vida ao município, ampliando o comércio e a prestação de serviços. Tudo isso gerará um exponencial aumento de renda, um impacto positivo que vai gerar empregos, aumentar o nível educacional e a capacitação da mão de obra, melhorando nossos indicadores sociais”, concluiu Ercio Weschenfelder.

Ao final, o trio respondeu a perguntas dos internautas, em uma produtiva troca de informações. Quem não conseguiu acompanhar a live, pode assistir a gravação em:

 

Facebook: https://www.facebook.com/Amigos-Por-Pontal-107316187576278/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCDK8ZChld4HN39biY7AnBNA

 

 

VOCÊ QUER PONTAL DO SUL MELHOR, MAIS BONITA, MAIS RICA E COM O POVO MAIS FELIZ?

Então você é nosso convidado para entrar na luta pelo Porto de Pontal.

Está sendo criada a Associação dos Amigos do Porto Pontal, que reúne milhares de pessoas para exigir das autoridades o acesso direto a Pontal do Sul que vai permitir que o Porto se torne realidade.

A instalação do Porto vai trazer milhares de empregos e milhões em arrecadação de impostos para Pontal do Paraná, sem qualquer prejuízo para o Meio Ambiente. O comércio da cidade vai crescer e multiplicar o seu faturamento.

COMO SE INTEGRAR NESSA LUTA?

Filie-se à Associação – https://aporpontal.com.br/filie-se/

Ela vai reunir todos os que querem a construção do novo acesso a Pontal e vão lutar para ver o Porto rapidamente funcionando. Não dá mais para esperar!

Você que tem sua família e atividade econômica em Pontal do Paraná, ou você que tem sua casa de veraneio em uma das praias do município, está intimado a testemunhar o lançamento da Amigos do Porto.

Será um evento virtual que você poderá assistir em casa, com sua família, transmitido pelo Facebook e pelo YouTube.

 

Data: 28/06/2020 (domingo)

Horário: 15 horas

NÃO DEIXE DE SE ENGAJAR NESSA LUTA QUE É DE TODOS OS QUE QUEREM O BEM DE PONTAL DO PARANÁ.

Quantas histórias você já ouviu sobre o Porto Pontal Paraná? É fácil encontrar informações sobre o porto, mas é necessário filtrar aquilo que é verdade e o que são mitos. Por isso, preparamos esta lista com as principais frases que existem sobre o 3P – e vamos destacar o que é verdade e o que é fake News.

Confira!

MITO: o porto é uma ameaça para o meio ambiente

O Porto Pontal Paraná não é uma ameaça para o meio ambiente. É importante explicar que antes mesmo de concretizar qualquer ideia sobre a construção do porto, os dirigentes do projeto procuraram entender se ele seria ambientalmente viável.

Apenas com uma resposta positiva para essa questão é que a ideia seguiria em frente. Afinal, um empreendimento deste tamanho só poderia ser colocado em prática se não prejudicasse a natureza nem as pessoas.

Mais de 80 técnicos especialistas em meio ambiente realizaram estudos para entender de que maneira o porto afetaria o meio ambiente e, por fim, atestaram que o 3P – Ponto Pontal Paraná é ambientalmente viável.

MITO: o porto vai acabar com a Ilha do Mel

O Porto Pontal Paraná não vai prejudicar a Ilha do Mel. Ao contrário, o empreendimento tende a melhorar a qualidade de vida dos moradores e preservar o turismo ecológico da região.

Isso, porque investimentos atraem investimentos. Com a atuação do porto, há injeção de dinheiro na economia regional e, consequentemente, mais estrutura e oportunidade para as pessoas que ali vivem.

Outro detalhe é que o trajeto adotado pelos navios que irão ao Porto Pontal Paraná será a mesma rota dos navios que seguem para o Porto de Paranaguá – não há necessidade de novos caminhos marítimos. Além disso, os navios que vão para o 3P gastam menos combustível, já que o trajeto é mais curto.

VERDADE: o porto vai gerar empregos

Sim, o Porto Pontal Paraná vai gerar empregos. São cerca de 1,5 mil postos de trabalho na construção e outras 1,5 mil vagas na operação plena. Isso, sem contar milhares de vagas indiretas que vão parecer por conta do funcionamento do porto.

VERDADE: o porto vai melhorar a economia do Paraná

Como o Paraná é uma região de extrema importância para entrada e saída de mercadorias do Brasil e possui apenas dois portos, o 3P – Porto Pontal Paraná vai melhorar o cenário econômico do estado. Isso, porque mais empresas vão chegar na região, aumentando o número de empregos e investimento.

Além disso, com a estrutura moderna, espaço e capacidade do Porto Pontal, navios que operam em rotas da Europa e Ásia poderão chegar no Paraná também. São embarcações de 400 metros de comprimento e altas como prédios de 15 andares. Em outras palavras, toda a movimentação que vai acontecer ali se transformará em oportunidade para a região.

Fonte: https://portopontal.com.br/imprensa/noticia/7/mitos-e-verdades-sobre-o-porto-3p-porto-pontal-parana

O porto vai diminuir o turismo em Pontal do Paraná e Ilha do Mel? Essa é uma pergunta frequente e a resposta é boa: não, o porto não vai diminuir o turismo. Ao contrário, com o Porto Pontal Paraná, a economia do estado vai melhorar, aumentam os investimentos na região e mais turistas devem visitar os municípios.

Entenda como o Porto Pontal Paraná vai interagir com o turismo do litoral paranaense!

Porto Pontal Paraná e Ilha do Mel: como fica esta relação?

A Ilha do Mel é um dos espaços mais queridos e preciosos do Paraná. Não à toa, moradores, visitantes e empresas se preocupam em manter a Ilha do jeitinho que ela é: cheia de biodiversidade, ar puro e uma riquíssima fauna e flora. Por isso, lá existe o turismo ecológico com um certo controle – máximo de 5 mil visitantes por dia.

O Porto Pontal Paraná não deve corromper esta regra, que existe para o bem da região. Mas, por conta do aumento de visibilidade e circulação de pessoas nas imediações, o porto vai colaborar para que os turistas se interessem em visitar as maravilhas da Ilha durante o ano todo.

Isso vai melhorar a economia dali – o que consequentemente atrai mais investimentos para a região e aprimora a qualidade de vida dos moradores.

Resumindo: um empreendimento como o terminal portuário de Pontal do Paraná colabora com o crescimento do turismo de maneira favorável para as riquezas ambientais e, ao mesmo tempo, para a economia da Ilha.

E o turismo de Pontal do Paraná?

Mais uma vez, a existência do Porto Pontal Paraná não deve afetar o turismo da cidade negativamente. Ao contrário, a existência do porto na cidade vai atrair investimentos e aprimoramentos em infraestrutura que, consequentemente, chamam turistas.

Podemos usar como exemplo a cidade de Santos (SP). Segundo informações da Fecomercio do estado de São Paulo, Santos cresceu em volta do porto – e o turismo também. Com parque tecnológico, aquário, centro histórico, restaurantes e outras atrações, a população do município do litoral paulista viu o turismo crescer e ajudar a região a se desenvolver.

O porto vai afetar a vida dos moradores?

O Porto Pontal Paraná não vai ficar localizado no perímetro urbano. Isso significa que ele não vai impactar no trânsito e na mobilidade das pessoas. Por outro lado, vai atrair investimentos interessantes na região, o que vai colaborar com a criação de empregos diretos e indiretos – e consequentemente, ajudará a economia crescer.

Portanto, é possível concluir que o Porto Pontal Paraná deve influenciar positivamente na vida dos moradores.

Aproveite e leia também: Por que um porto em Pontal?